Gestão do agronegócio: 4 dicas para aplicar na sua fazenda

Gestão do Agronegócio
4 minutos para ler

A gestão financeira do agronegócio é uma excelente porta para oportunidades de crescimento. Sem gestão, uma propriedade rural tende a ser deficitária, uma vez que, com o tempo, as demandas se acumulam.

Há uma diversidade de aspectos a que um agricultor precisa dar constante atenção, caso contrário, a lucratividade será comprometida.

Não importa se uma fazenda já conta com profissionais ou se ainda é um empreendimento familiar. Sempre é possível gerenciar melhor os processos e maximizar o lucro. Por isso, destacamos 4 dicas para você que quer retomar o controle do seu agronegócio!

1. Calcule custos, despesas e estipule a margem de lucro

Como em todo empreendimento, no setor rural não se pode deixar de precificar com base em critérios contábeis e de mercado. Uma das questões que podem estar sendo negligenciadas é a precificação dos gêneros ou animais que serão colocados à venda.

Estipular preços significa saber a hora exata de vender ou manter os animais em cativeiro para posterior abate. Por ser uma commodity, a arroba está sujeita a oscilações em seu preço que fogem ao controle do pecuarista.

Considerando as variações do mercado, é hora de calcular o preço de custo, ou seja, quanto custa a aquisição e a criação do animal para abate. Com esse valor, o proprietário deve somar as despesas fixas e variáveis para colocar esse animal à venda.

A terceira e última etapa é estipular uma margem de lucro, que pode ser um percentual em cima do preço de custo. Somados esses três fatores, e considerando o que mercado está pagando, o preço poderá ser estipulado de forma mais equilibrada e justa, com maiores possibilidades de lucro.

Vestuário Country

2. Habilite-se a analisar indicadores zootécnicos

Se a ideia é extrair o máximo de lucro do gado de corte ou mesmo de outros animais para abate, é importante saber como coletar e avaliar indicadores zootécnicos. Aspectos da criação, como alimentação, controle de zoonoses e outros, entram na conta. Tudo que diga respeito à saúde dos animais pode e deve ser considerado na hora de decidir sobre possíveis modificações.

Entre esses indicadores, estão o Ganho de Peso Diário (GPD), a taxa de mortalidade, o rendimento de carcaça, o índice de conversão alimentar, de reprodução e outros relevantes. O importante é estabelecer uma relação direta com os objetivos que o criador pretende alcançar. Por exemplo, para abater X cabeças de gado, quanto será preciso gastar, considerando os indicadores zootécnicos?

3. Separe custos por critérios de safra e área

Quem opera no plantio deve saber que a produtividade pode ser afetada por uma diversidade de elementos. Períodos de colheita são diretamente influenciados por fatores externos, como índice pluviométrico por época do ano, incidência de pragas e outros agentes.

Portanto, conhecer os custos que uma plantação gera, categorizados por área e por safra, pode ser muito útil, inclusive revelando problemas até então desconhecidos.

Vestuário Country

4. Habitue-se ao uso da tecnologia

São muitos dados para se considerar, avaliar e processar, em se tratando de produção agropecuária. Nesse sentido, o uso da computação é fundamental para o controle de múltiplos elementos que precisam ser acompanhados de perto.

Utilizar softwares de gestão adaptados para propriedades rurais pode ser a solução que faltava para sua fazenda. Afinal, a gestão financeira do agronegócio, num país com alta competitividade no setor, como o Brasil, é questão de lucratividade e de sobrevivência.

Agricultor, para garantir o recebimento de ótimos conteúdos sobre o trabalho no campo, assine nossa newsletter e dê um passo adiante na gestão do seu agronegócio!

Você também pode gostar

4 comentários em “Gestão do agronegócio: 4 dicas para aplicar na sua fazenda

  1. Muito bacana a matéria!!!! Vocês poderiam falar um pouco sobre a gestão da agricultura familiar que hoje em dia tem grande importância no agronegócio brasileiro.

    1. Olá Luana! Obrigada pela visita no Blog do Rural Vende! Conhecemos o LEBOV. Acesse o site e saiba mais http://lebov.com.br/
      Ele é um aplicativo que permite que você gerencie a sua fazenda por meio de um smartphone. Usa processos automatizados e informações em tempo real, ajudando suas decisões sobre a propriedade e produção serão certeiras. Sem achismos…dê uma olhada lá! Abraços!! #equiperv

Deixe uma resposta

-