Insumos agrícolas: conheça os cuidados necessários ao comprá-los!

3 minutos para ler

Umas das áreas mais rentáveis do agronegócio para se investir é na produção de rações. A demanda nacional — e, até mesmo, internacional — por esse tipo de produto é alta, o que garante uma boa rentabilidade para quem deseja investir nisso.

Outro ponto vantajoso é a possibilidade de utilizar a própria ração no seu dia a dia, caso trabalhe também com pecuária, diminuindo os custos rotineiros com isso.

Porém, para realizar a produção, é necessário investir em insumos agrícolas de qualidade. Para isso, continue lendo e veja quais são os cuidados necessários ao comprá-los e evite problemas.

Disponibilidade de insumos

Ao escolher os insumos com os quais deseja trabalhar, é importante considerar a disponibilidade deles para a produção das rações. No cenário nacional, tradicionalmente, utiliza-se milho e soja. A questão é o receio de que o alto uso leve a um desabastecimento no país.

Isso porque, em alguns momentos, por diversas razões, há uma queda na produção e na disponibilidade, o que prejudica o setor. Estão entre os motivos:

  • variação de preços;
  • questões climáticas;
  • estoques reduzidos nos armazéns.

Assim, é importante verificar como está a oferta no mercado nacional. Caso seja uma fase de problemas, pode-se optar por algumas saídas, tais como:

  • buscar os insumos no exterior, importando-os;
  • adotar o modelo de produção integrada, comprando em cooperativas.

Qualidade da matéria-prima do fornecedor

Para que o produto final seja de qualidade, é essencial que os insumos agrícolas também sejam assim. Por isso, é importante que, ao escolher os seus fornecedores, verifique como é a qualidade dos produtos a serem adquiridos.

Ou seja, isso faz parte do início do processo de negociação, de forma a conseguir melhores resultados na ração a ser produzida pela sua propriedade. Caso contrário, você perderá diferencial competitivo.

Assim, faça uma prospecção eficiente e, ao definir seu fornecedor, mantenha uma boa relação com ele, a fim de obter melhores preços e garantir a qualidade dos insumos adquiridos.

Qualidade dos insumos ao receber

Outro ponto a ser avaliado ao adquirir os insumos agrícolas para a produção de rações é a qualidade do produto no ato do recebimento. Isso porque, muitas vezes, pode ocorrer contaminação de material no ato do transporte, comprometendo a carga.

Uma forma de evitar problemas é por meio da exigência de controle de qualidade rigoroso no processo de fabricação e transporte dos insumos.

Exija, assim, laudos elaborados por órgãos competentes que atestem a segurança de qualidade dos produtos adquiridos, bem como garanta as análises de umidade, granulometria, nutrientes, entre outros.

Cuidados com ingredientes alternativos

Diversas vezes, devido à falta de disponibilidade ou pelos preços elevados, muitos empreendedores do agronegócio optam por utilizar ingredientes alternativos para a produção das rações.

Assim, em algumas ocasiões, pode-se substituir a soja e o farelo de milho por subprodutos da pecuária, gerando farinhas de origem animal (FOA). Porém, quando utilizá-los, lembre-se de verificar todas as especificações, garantindo a qualidade do produto, a fim de manter o nível da ração preparada pela sua propriedade.

Saber como adquirir os insumos agrícolas é fundamental, bem como acompanhar todos os processos que são necessários para a realização das atividades de forma excelente.

Para isso, assine nossa newsletter e receba mais dicas importantes diretamente em seu e-mail!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-