Como planejar uma criação de gado? Entenda aqui

planejar criação de gado
4 minutos para ler

O agronegócio está em alta. Afinal, como parte constituinte do setor primário da economia, ele é essencial não somente para o mercado em si, mas para a população como um todo. Sendo assim, investir e planejar uma criação de gado, sem dúvida, é uma excelente opção de negócio.

Entretanto, como qualquer outra atividade comercial, a criação de gado requer boa administração para obter e manter a lucratividade e evitar prejuízos.

Ao longo deste artigo, abordaremos como fazer o planejamento da criação para conseguir ter um retorno certo e rapidamente. Boa leitura!

Black Friday

Vantagens da criação de gado

Investir na criação de gado é uma opção que está presente nos desejos e objetivos de um número considerável de pessoas. Algumas começarão essa modalidade de negócio do zero, enquanto outras, que já reuniram certo nível de capital, pretendem aplicá-lo em sua própria fazenda.

Seja qual for a sua situação, além de contar com boa rentabilidade, atuar em sua criação pode envolver oportunidades interessantes.

O setor agropecuário não é, obviamente, um ramo novo. Todavia, nos dias atuais, tem sido um dos mais valorizados. As demandas do mercado por carne bovina e produção leiteira estão entre as principais causas de sua perene vitalidade.

Possibilidades de expansão a nível internacional

O Brasil ocupa posição de acentuado destaque a nível mundial quando o assunto é criação agropecuária. Os produtores nacionais encontram-se entre os maiores exportadores de carne bovina em todo o planeta, fato que contribui para o oferecimento de boas alternativas de diversificação de investimentos.

4 dicas infalíveis para começar a sua criação de gado

Antes de saber como planejar corretamente uma criação de gado, tenha em mente que os investimentos não são baixos e, portanto, tudo precisa ser cuidadosamente pensado e executado. Para garantir um bom plano de negócios agropecuário:

Black Friday

1. Escolha os tipos e as raças apropriadas de gado e faça planejamentos

Uma das primeiras decisões ao se iniciar no setor agropecuário é selecionar qual o tipo de criação você deseja trabalhar e, posteriormente, as raças. Existem 3 tipos principais de criação: leiteiro, de corte e para exposições.

Após determinar o tipo de gado, a raça e a finalidade comercial, ficará mais fácil organizar as outras etapas do negócio.

2. Selecione um local apropriado para a criação

Selecionar a propriedade certa é um dos fatores primordiais para o seu sucesso na agropecuária. O local escolhido deve apresentar proporções adequadas para o tamanho e a quantidade do seu gado, de modo que ele possa crescer e se desenvolver saudavelmente.

O pasto deve ser de qualidade, ter uma boa fonte de água nas proximidades e ser facilmente acessível.

3. Adquira todos os equipamentos e instrumentos necessários

Após a seleção da propriedade, é necessário adquirir as ferramentas e equipamentos indispensáveis para garantir boas condições para sua criação. Instale cercas, comedouros, bebedouros e organize espaços apropriados para a realização de atividades relacionadas à manutenção dos rebanhos.

4. Preze pela saúde do gado

Isso significa selecionar feno de qualidade e rações adequadas. Além disso, é fundamental ter um veterinário à disposição para a administração dos cuidados requeridos, como exames, remédios, vitaminas etc.

De fato, iniciar uma criação de gado não é algo simples. No entanto, uma vez estabelecidos processos eficientes e superadas as primeiras dificuldades, as possibilidades de lucros e expansão certamente compensarão seus esforços iniciais.

Gostou do nosso post? Então, assine a nossa newsletter e acompanhe todas as novidades relativas à pecuária e ao agronegócio!

Você também pode gostar

2 comentários em “Como planejar uma criação de gado? Entenda aqui

Deixe uma resposta

-